sábado, 9 de janeiro de 2016

O Edifício do cunhal do largo dos Lóios com a rua de Trás

Hoje no largo dos Lóios praticamente todas as habitações ali existentes encontram-se recuperadas apresentando um aspecto exterior novo e fresco que desejo que se mantenha.

Um deles é o bonito edifício de habitação oitocentista existente à entrada da rua de Trás. Nos arquivos da câmara municipal está ainda em depósito o seu "risco", elaborado nada mais nada menos do que por Teodoro de Sousa Maldonado, o primeiro(?) arquitecto da cidade.

Teodoro de Sousa Maldonado, nascido no Porto em 1759, formou-se em matemática na Universidade de Coimbra e exerceu o cargo de arquitecto na edilidade portuense de 1789 a 1799, ano da sua morte.

É curioso notar que, embora na planta não surja qualquer data, a ficha dele apresenta a de 9 de Outubro de 1799; será a data de aprovação? Sendo a data verdadeira para a sua execução, esta terá sido porventura das últimas (a última?) planta executada por Maldonado, pois reporta ao ano da sua morte! (recorde-se que o seu legado, além das plantas "técnicas" consiste sobretudo numa bonita vista do Porto executada em 1789 bem como a da barra do Douro que nos apresenta também a (ainda) vila da Foz).

As 4 imagens abaixo são: a primeira é a planta de 1799; a segunda um pormenor de uma foto de 1894 aquando das comemorações henriquinas e as duas seguintes tiradas por mim na chuvosa manhã de ontem.

Notar que na realidade o edifício não foi construído conforme o projeto, sendo bem notórias algumas diferenças ao nível do número de arcos, da ornamentação do segundo andar e do próprio telhado.

A arcaria de elevado pé direito existente no rés-do-chão fora projectada para que aí se pudesse fazer a venda de pescado que vinha das localidades de Vila do Conde, Matosinhos e São João da Foz; estando prevista nos planos da Junta das Obras Públicas. Se realmente esse mercado foi ali instalado não o sei, pedindo a um leitor mais informado que me possa elucidar.

Planta de 1799

1894
2016
2016

Fontes: AHMP e o blogue "Ruas do Porto"

Sem comentários:

Enviar um comentário