domingo, 4 de novembro de 2012

Traquitanas para ir a banhos à Foz...

Vasculhando um velho jornal do já longínquo ano de 1854, apareceu esta curiosa notícia, a qual transcrevo aqui pela "caricatura".
A polícia deveria intervir para que na época dos banhos, na estrada da Foz, os trens mais rococos não transitassem assim livremente, dando aos estrangeiros uma fraca ideia do progresso em Portugal. Têm-se mesmo ultimamente construido veículos indecentes e extravagantes; - há dias vimos um destes carros, que não era mais que o fundo de um carroção e cuja forma lembrava o barco Salva-vidas; há outro que parece uma tina, e o viandante ali metido parece que vai aproveitando o tempo tomando o seu banho.
Ainda se vêm por ai bolieiros de chapéu desabado e mal trajados, A polícia pode muito bem obrigar os donos das carruagens de praça a fazer uma reforma completa do material e no pessoal em harmonia com a decência e bom gosto que devem caracterizar uma cidade civilizada. in O Commércio de 9 de Agosto de 1854

1 comentário:

  1. parabens pelo blog.

    foi há dois séculos, mas nada ou pouco se aprendeu a ter orgulço do se é...

    ResponderEliminar