sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Feira dos Criados

A propósito da feira dos criados de lavoura que tinha iniciado no dia anterior, dá O Commércio do Porto a seguinte nota pitoresca na sua edição de 29 de Março de 1870:

"O criado que quer ser contratado pega em si, embrulha em um lenço alguma roupa que constitui toda a sua riqueza e bens, e dirige-se à Praça Carlos Alberto, onde se posta à espera que algum lavrador o vá assoldadar.
Se chega um proprietário, mede-o de alto a baixo, avalia por esse exame o seu grau de robustez e agilidade e pergunta-lhe por quanto o quer servir, no caso de lhe agradar o tipo. Entra então em ajuste, e se o contrato se efectua, lá segue o criado atrás do seu novo amo, tendo-se antes legalizado o contrato em alguma das tabernas próximas da feira, por meio de um copo de vinho e de algum petisco."

Sem comentários:

Enviar um comentário